Grupo Estrutura do Viver

Como funciona o traslado funerário?

É imensa a lista de coisas para se preocupar no momento em que uma pessoa vem a óbito. A família, por exemplo, precisa pensar em procedimentos burocráticos ao mesmo tempo em que passa pelo luto e sofre por sua perda. Documentações, embalsamento, cerimônia de despedida… tudo isso para que a pessoa vá em paz de forma digna e repleta de homenagens.

Porém, uma das coisas que faz parte de todo esse processo é o traslado funerário. A importância de fazer um transporte correto e de qualidade determinam diversos fatores essenciais para o momento de dar adeus. Quer saber os motivos para ter um serviço excepcional no traslado? Continue conosco e saiba mais.

O que é traslado?

O traslado funerário é uma das etapas imprescindíveis para que o corpo seja velado. Ele tem como objetivo transportar a pessoa falecida de um local para outro de forma segura e conservando o corpo para que não haja problemas.

Existem alguns tipos de traslado que são determinados a partir do deslocamento necessário de território, diversificando o modo como essa transferência é feita. Por exemplo, quando envolve a transferência de outros países, o avião é o transporte utilizado.

Tipos de trasladoComo dito anteriormente, o traslado pode acontecer de diferentes formas, dependendo muito do local que o corpo está e para onde será levado. Por causa disso, para abranger todos os tipos de necessidades, o traslado funerário é dividido em três categorias:

  • Intermunicipal

Esse tipo de traslado é feito quando o corpo precisa ir de uma cidade a outra, sendo do mesmo estado ou em lugares próximos. Esse tipo de deslocamento é feito via terrestre com os carros fúnebres, próprios para o transporte, oferecendo um espaço adequado ao caixão, com alta resistência e cinto de segurança específico para essa transferência.

  • Interestadual:

Quando necessário transferir de um estado para o outro, sendo necessário alguns tipos de trâmites burocráticos necessários para essa mudança. Normalmente, essa transferência é feita de forma terrestre ou aérea, mediante a distância que precisará percorrer para levar o corpo.

Vale ressaltar que cada estado brasileiro possui uma maneira de realizar esse transporte.

  • Internacional:

Quanto à transferência internacional, ela ocorre quando é necessário trazer o corpo de volta para o país de origem. Dessa forma, o processo de liberação varia muito, principalmente por causa do motivo da morte. Por isso, a transferência pode se tornar muito mais burocrática do que os outros.

O traslado internacional é feito por transportes aéreos, sendo mais caro do que os outros. Muitas vezes os corpos são enterrados no local do óbito justamente pelo preço que deve ser pago para transportá-los.

Quais são os documentos necessários?

Esse processo de traslado só é permitido quando se tem as documentações necessárias em mãos, que são:

Transporte nacional:

  • Requerimento de transferência;
  • Cópia autenticada do solicitante;
  • Cópia da certidão de óbito;
  • Autorização judicial;
  • Cópia autenticada da identidade do dono do jazigo onde o corpo está supultado;
  • Cópia autenticada da identidade do proprietário do jazigo que receberá o corpo.

Transporte internacional:

  • Registro no consulado;
  • Certidão de óbito;
  • Laudo médico de embalsamento;
  • Autorização de remoção do corpo;

Você precisa do serviço de traslado? A Estrutura do Viver te ajuda!

O transporte de corpos pode ser efetuado a partir de empresas especializadas nesse tipo de serviço. O Grupo Estrutura do Viver está de portas abertas para tirar qualquer dúvida e te ajudar a resolver todos os processos burocráticos e negociações necessárias.

Para conhecer todos os benefícios que a Estrutura do Viver tem a te oferecer, acesse nosso site e confira os melhores planos para você e sua família.

Nos siga no Facebook e Instagram para ficar por dentro de novidades e conteúdos relevantes para sua vida!

Se inscrever
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x